26 de junho de 2015

Os 80 trabalhadores maranhenses que foram levados enganados para Ribeirão Preto na última sexta-feira (19) com a promessa de emprego na construção civil, voltaram na madrugada desta sexta-feira (26) ao município de São Mateus, a 194 km de São Luís.
Depois de enfrentarem dois dias de estrada, todos eles foram para a Secretaria de Desenvolvimento e Renda de São Mateus assim que chegaram na cidade para participar de uma reunião com representantes do Ministério do Trabalho do Maranhão, Polícia Civil e pessoas ligadas à órgãos de proteção de direitos humanos.
A reunião durou quase duas horas. Os trabalhadores deixaram o prédio da secretaria insatisfeitos com a situação, já que muitos pediram dinheiro emprestado para viajar e foram enganados.
“A gente saiu daqui com uma proposta de emprego lá, pagando um agenciamento de R$200, um contrato de R$50 e mais uma passagem de R$250. Além das despesas daqui até lá que a gente teve e não foram reembolsadas”, contou Aluísio Vasconcelos, montador de estrutura metálica.
A falta de empregos na cidade foi um dos motivos que fez José Alexandre, de 51 anos, deixar o município para ir em busca de melhoria de vida em São Paulo. O trabalhador não esquece o drama que viveu longe de casa. “Lá nós estávamos como moradores de rua, passando fome, não tinha lugar para tomar banho”, relatou.
Um inquérito policial já está sendo instaurado para apurar o caso. “Todos esses cidadãos que aqui estão irão registrar seus respectivos boletins de ocorrência, serão cadastrados no Ministério do Trabalho Estadual para que seja apurada a responsabilidade no âmbito trabalhista contra essas pessoas ”, disse o Superintendente da Polícia Civil do interior do estado, Dircival Gonçalves.
Segundo o presidente do sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais de São Mateus, Valentino Santos, a cada quinze dias ônibus saem da cidade levando trabalhadores maranhenses para outros estados sem nenhum tipo de fiscalização por parte do município.
O Superintendente da Polícia Civil do interior do estado garantiu que o órgão estará vigilante para que casos como este não se repitam na cidade.
Relembre o caso
Oitenta e oito trabalhadores de São Mateus do Maranhão foram abandonados, na madrugada de domingo (21), em um posto de combustíveis no quilômetro 320 da Anhanguera, em Ribeirão Preto (SP), após receberem uma proposta para trabalhar em obras de construção civil na cidade.
A polícia ouviu três trabalhadores e um dos motoristas dos ônibus informou que tanto a empresa aliciadora quanto o empregador devem responder pelo crime de aliciamento de trabalhadores, previsto no artigo 207 do Código Penal. A pena é de detenção de um a três anos e multa.

Zé Doca em Foco

PM apreende veiculo roubado com crediarista em São João do Caru.

Policiais Militares do Município de São João do Caru (Sargento Brito e Cabo Doriedson), apreenderam no dia 24/06/15, por volta das 15hs e 30min, na Rua da Palmeira, o veiculo marca FIAT, Modelo STRADA WORKING CE, ano e modelo 2013/2014, de Propriedade da Senhora IARAJANE M DE CASTRO DUTRA, veiculo tomado de assalto, no dia 23/08/14, em São Luis, Capital do Estado, no momento da apreensão, o veiculo estava com a Placa NIV 6067-Santo Antonio dos Lopes-MA, pertencente a outro veiculo, do mesmo modelo e marca, o carro foi apreendido em poder do Crediarista JOSÉ CONRADO SILVA DE OLIVEIRA, vulgo Tadeu, residente na cidade de Santa Inês-MA, o qual, alegou ter comprado o veiculo, no mês de outubro de 2014, na Praça Santo Antonio, em Santa Inês, tendo pago a uma mulher desconhecida, a importância de R$ 28.000,00(vinte e oito mil reais). O Veiculo, está na Delegacia de São Joao do Caru, aguardando sua proprietária.

De: bomjardimma.com

Zé  Doca em Foco

Indiciados dois funcionários da Clínica que filmaram e vazaram autópsia de Cristiano Araújo

Marco Antonio Ramos, 41 anos, Márcia Valéria dos Santos, 39 anos, acabaram de ser indiciados por desrespeito a cadáver na clínica Oeste, com sede em Goiânia, durante as retiradas dos fluídos do corpo do cantor sertanejo Cristiano Araújo, na quarte-feira, dia 24 deste.
A Polícia de Goiás concluiu que houve participação dos técnicos em tanatopraxia, sendo que a mulher ainda é estudante de enfermagem da Universidade de Goiás. Existe também a participação de uma terceira pessoa, de nome Leandro, amigo de Márcia, que seria o responsável pelo vazamento do vídeo nas redes sociais.
Assim sendo, ficou descartada a participação do IML de Goiás no crime de vilipêndio de cadáver, conforme divulgado em nota oficial pela Secretaria de Segurança daquele estado.
“São os dois funcionários da Clínica Oeste, onde o corpo foi preparado. Além disso, uma terceira pessoa, que foi quem divulgou as imagens, também poderá ser indiciada pelo mesmo crime”, disse o delegado Eli José de Oliveira, do 4º Distrito Policial de Goiânia, de acordo com informações prestadas ao G1 local.
“A Márcia disse que o Marco só percebeu que ela estava gravando quando já estava no meio da filmagem, mas não a impediu. Depois, ela mandou esse vídeo para o Leandro, que estuda com ela, e foi ele quem postou nas redes sociais”, explicou o delegado, como disse ao site da Globo em Goiás.
A dupla indiciada já trabalha na clínica há quatro anos e deverá responder ao ato criminoso de forma isolada por causa do compromisso assumido em documento, o que exime a Oeste de qualquer responsabilidade criminal sobre o caso. Mas a família do cantor falecido pode ingressar na Justiça com processo civil contra a clínica.

21 de junho de 2015

Policiais de Zé Doca se mobilizam na tentativa de prender assaltante

Estávamos fechando uma reportagem com o delegado Henrique Mesquita quando o titular da oitava regional de Zé Doca recebeu um comunicado, uma caminhonete hilux branca havia sido tomada de assalto em Santa Inês, imediatamente policiais civis e militares saíram na tentativa de prender o assaltante e recuperar o veiculo.

Nossa equipe acompanhou a ação da policia que montou barreiras em vários pontos da BR 316, já que informações davam conta que era nessa direção que o suspeito seguia.

Sem nenhum sinal do carro ou do assaltante, as equipes resolveram então se dividir por estradas vicinais, foi quando chegou a notícia que o suspeito de praticar o crime já havia pegado uma outra rota com destino a Imperatriz, o delegado Henrique Mesquita então passou a informação para os policiais da região que montaram barreiras na cidade de João Lisboa e conseguiram prender o assaltante, que na tentativa de furar o bloqueio acabou batendo o veiculo.

Segundo o delegado, esses veículos depois de roubados na maioria das vezes são usados para praticar assaltos a bancos no estado.




Zé Doca em Foco

20 de junho de 2015

Acusados de matar taxista são presos na cidade de Lago da Pedra

Uma operação conjunta, envolvendo policiais civis e militares realizada nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (19), resultou na prisão de dois homens na cidade de Lago da Pedra. Foram presos Francisco das Chagas Conceição, 26  anos, e Paulo Nunes Barros da Silva, 21 anos. A operação aconteceu na Vila Luís Osmani, às 06h00.


Contra os dois homens havia mandados de prisão, expedido pela juíza Karem Cristina, da comarca do Município de Conquista, no Estado de Minas Gerais,  onde os acusados teriam assassinado um taxista que foi vítima de latrocínio.

Zé Doca em Foco