2 de março de 2010

Sobe para sete o número de mortos no assalto em Santa Luzia do Paruá

Segundo a Superintendência da Polícia Federal, sete pessoas morreram durante a tentativa de assalto à agência do Bradesco, de Santa Luzia do Paruá, sendo seis assaltantes e um funcionário do banco, identificado como Jefferson. As mortes ocorreram durante ação criminosa, que foi frustrada por uma operação da PF com o apoio da Polícia Militar do Maranhão, no início da tarde desta terça-feira, 2.

Os assaltantes teriam invadido a agência por volta das 12h, fazendo funcionários e clientes de reféns. Porém, eles foram surpreendidos por homens da Polícia Federal que faziam uma operação na região.
Houve troca de tiros, e no confronto os bandidos morreram. Informações obtidas pelo ZDF online afirmam que Jefferson, que trabalhava como caixa do banco, foi baleado na cabeça. Ele ainda teria sido transferido para Encruzo e depois para São Luís, mas morreu durante a viagem e seu corpo retornou para Santa Luzia.
A gerente do banco, identificada como Sandra, também teria sido atingida por uma bala no pé.
De acordo com Fernando Segóvia, superintendente da Polícia Federal no Maranhão, a PF já acompanhava os movimentos dessa quadrilha, formada por 10 pessoas, há alguns meses, em parceria com a Superintendência da Polícia Federal do Pará. Outras quadrilhas também estão sendo monitoradas pela PF do Maranhão em parceria com a do Piauí.

Zé Doca  em Foco 02/03/2010

Nenhum comentário: