30 de setembro de 2010

Helicóptero que prestava serviço a Jackson cai em Imperatriz; piloto morre

Um helicóptero que prestava serviços a Jackson Lago (PDT), candidato ao governo do Maranhão, caiu em Imperatriz, na manhã desta quinta-feira (30), numa área aberta no Conjunto Nova Vitória, bairro que fica na margem esquerda da BR-010 (perto do aeroporto Renato Cortez Moreira).
A aeronave pegou fogo assim que tocou o solo, e o piloto, identificado como Luiz Flávio Quintas, de 52 anos, morreu carbonizado.
Jackson Lago – que chegou a Imperatriz na manhã de ontem (29) para visitar várias cidades da região tocantina, na reta final da campanha – fez dois vôos no aparelho acidentado, um Robinson prefixo R-44.
O pedetista viajou ontem no Robinson de João Lisboa a Amarante (pela manhã) e de Açailândia a Imperatriz (à tarde).
Viajaram com Lago no aparelho, ontem, o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB) e o presidente da Câmara Municipal de Açailândia, vereador Hélio Santos (candidato a deputado federal pelo PSDB).
Os tucanos Roberto Rocha e Edson Vidigal (candidatos ao Senado), que também fazem parte da comitiva de Jackson na região tocantina, não chegaram a voar no helicóptero acidentado.
Outro incidente – Jackson e Roberto Rocha voaram hoje (30) pela manhã num avião da Heringer Táxi Aéreo inicialmente com destino a Balsas, mas eles resolveram descer em Carolina por causa do mal tempo em Balsas.
De Carolina, os dois políticos voarão a São Luís, onde hoje à tarde – cerca de 16h30 – fazem caminhada no centro da cidade.
Peritos da Aeronáutica já estiveram no local do acidente. O laudo final com sua(s) causa(s) só sairá em aproximadamente 15 dias.

Zé Doca em foco 30/09/10

Nenhum comentário: