16 de fevereiro de 2011

Sagrima ouve produtores da Região do Alto Turi

O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca do Maranhão, Cláudio Azevedo, e o adjunto, Raimundo Coelho de Sousa, estiveram na Região do Alto Turi, no fim de semana, para conhecer as prioridades do setor produtivo local.

Em reunião, no auditório da Escola Miranda Braz, no município de Zé Doca, os secretários ouviram de pequenos produtores e empresários locais as prioridades do município para o setor produtivo e as principais necessidades para o desenvolvimento agropecuário local. "Essa itinerância que estamos fazendo em alguns municípios maranhenses tem o objetivo de levantar com os próprios produtores as necessidades que consideram prioritárias para que possamos adequá-las às ações do Plano Plurianual 2012-2015 que estamos elaborando", explicou o secretário Cláudio Azevedo.

Participaram, também, da reunião o secretário de Projetos Especiais do Maranhão, Jura Filho; os prefeitos dos municípios de Zé Doca, Raimundo Nonato Sampaio (Natim) e de Newton Bello, Neuma Brandão; o presidente do Núcleo Estadual de Projetos Especiais (Nepe), César Viana; o presidente da Associação Comercial e Industrial de Zé Doca, Antônio Leal; e o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Zé Doca, Joaquim Claro; entre outras autoridades municipais.

O secretário-adjunto da Sagrima, Raimundo Coelho de Sousa, destacou a importância de reuniões com os produtores nos municípios. "A secretaria está aberta para boas ideias e projetos e quer desenvolver ações que estejam alinhadas com as vocações e tradições de cada local. Assim acreditamos que o desenvolvimento chegará mais rápido", disse.

O presidente do Nepe, César Viana, defendeu o desenvolvimento de pesquisa e tecnologia para o avanço do setor produtivo local. "O desafio rural, hoje, é o desafio da tecnologia. Não podemos mais produzir sem fazer o uso de tecnologia para melhorar os resultados. Ninguém mais faz agricultura de qualidade sem o uso de ciência e tecnologia", garantiu.

O Prefeito de Zé Doca, Natim, destacou que a região tem grande potencial agrícola. "Temos terra boa e de qualidade. Só precisamos de orientação e tecnologia para desenvolver a nossa produção", garantiu.

Cláudio Azevedo anunciou, durante a reunião, que está atuando em parceria com a Embrapa Cocais e Planícies Inundáveis para mapear as vocações agrícolas de cada área e desenvolver pesquisa para melhoramento das produções. "Esse é o momento de conhecer todas as vocações de cada região", completou o secretário de Estado de Projetos Especiais, Jura Filho.

A Região

A área do Alto Turi e Gurupi abrange uma área de 27.777 km², onde estão localizados 18 municípios maranhenses: Amapá do Maranhão, Araguanã, Boa Vista do Gurupi, Cândido Mendes, Carutapera, Centro do Guilherme, Centro Novo do Maranhão, Godofredo Viana, Governador Newton Bello, Governador Nunes Freire, Junco do Maranhão, Luís Domingues, Maracaçumé, Maranhãozinho, Nova Olinda do Maranhão, Presidente Médici, Santa Luzia do Paruá e Zé Doca. A população total do território é de mais de 258,5 mil habitantes, dos quais 98,4 mil vivem na área rural, o que corresponde a 38,06% do total.

Zé doca em Foco 16/02/11

15 de fevereiro de 2011

BB prorroga inscrições de concurso que oferece vagas para o Maranhão

Convocação depende da demanda. 

O Banco do Brasil prorrogou as inscrições do concurso público para formação de cadastro de reserva para o cargo de escriturário, que exige nível médio completo.

O concurso abrange 48 cidades dos Estados do Acre, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima e Sergipe. O salário é de R$ 1.280,10, mais gratificação semestral de 25%, paga mensalmente. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

A convocação dos aprovados respeita a demanda da instituição financeira e também o prazo de validade do concurso, que é de um ano, prorrogável por igual período.

O edital informa que ficam asseguradas as admissões, conforme necessidade de provimento, dos candidatos classificados nas seleções 2007/002, 2008/002 e 2009/001, até o término de suas vigências (12/09/2011, 20/06/2012 e 16/07/2011, respectivamente).

Do total de vagas que vierem a ser oferecidas durante o prazo de validade da seleção externa, 5% serão reservadas às pessoas com deficiência.

As inscrições devem ser feitas até as 14h de amanhã, 9 de fevereiro pelo site www.concursosfcc.com.br ou em postos de inscrição listados no edital, das 9 às 12h e das 13h às 17h. A taxa é de R$ 40.

A aplicação das provas objetivas está prevista para o dia 20 de março. As provas serão aplicadas nas cidades de Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Tarauacá (no Acre), Macapá (no Amapá), São Luís, Pinheiro, Bacabal, Imperatriz, Balsas, Presidente Dutra, Caxias, Chapadinha (no Maranhão), Alta Floresta, Barra do Garças, Cuiabá, Cáceres, Juína, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Sinop, Tangará da Serra (em Mato Grosso), Recife, Goiana, Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão, Santa Cruz do Capibaribe, Caruaru, Garanhuns, Palmares, Serra Talhada, Petrolina (em Pernambuco), Parnaíba, Teresina, Picos, Floriano (no Piauí), Natal, Mossoró (no Rio Grande do Norte), Porto Velho, Ji-Paraná, Vilhena (em Rondônia), Boa Vista, Rorainópolis (em Roraima), Aracaju, Estância, Nossa Senhora da Glória, Itabaiana, Lagarto e Capela (em Sergipe).

Na segunda-feira (4), o Banco do Brasil lançou outro concurso para os Estados de Alagoas, Amazonas, Ceará, Paraíba e Paraná. A prova foi aplicada no domingo (6). A organizadora também é a Fundação Carlos Chagas.

A instituição também organizou o último concurso do banco realizado no ano passado, para o interior de São Paulo.

Zé Doca em Foco 15/02/11

14 de fevereiro de 2011

População aprova a construção de presidio em Zé Doca

A radio Alvorada, através do programa "A Tribuna do Povo" inciciou uma pesquisa para saber a opinião dos ouvintes quanto à construção de um presidio de segurança máxima em Zé Doca.
A pesquisa foi iniciada na ultima quinta-feira e terminou no sábado com a participação de 58 ouvintes e convidados.
Desse total, apenas um se colocou contra, ou seja, 57 deram opinião de apoio. A maioria disse que seria melhor um presidio com a máxima segurança do que uma delegacia aonde os presos fogem constantemente da cadeia de Zé doca ameaçando a vida dos moradores da cidade.
O prefeito Natin disse que o presidio não é uma obra de impacto para beneficiar a população, mas vai se colocar à disposição do governo para que o presidio venha para Zé Doca "Não é uma obra que estava prevista no meu governo, mas seria de grande importancia para dar mais segurança e mais comodidade aos familiares de presos que estão cumprindo pena em outros presidios, além de ser mais seguro contra a evasão de presos como ja vem acontecendo na nossa delegacia" Natin também disse que procurará um terreno para doar a esse projeto fora das imediações da área urbana.
A prefeita de Governador Newton Bello, Leula Brandão disse que apóia esse projeto, pois seria de grande importância para toda a região "Se for necessário iremos juntos com outros prefeitos da nossa região até a governadora Roseana Sarney e o secretário de segurança para nos colocar-mos a disposição do governo para que esse presidio possa ser construido em nossa região" Disse Leula Brandão.
O ex prefeito Francisco Barroso de Sousa disse que Zé Doca já conta com a 8ª Delegacia de Policia, com o 12º comando da Policia Militar, 4 Bancos comercias , o Cefet, a UEMA, então merece um presidio de segurança maxima na cidade, "Não vejo demérito nenhum o presidio ser construido em nossa cidade, aliás é uma necessidade" disse Barroso.
O delegado Geral da 8º delegacia, Br Balby disse em entrevista exclusiva que o presidio trará mais segurança para a população, além de gerar emprego e renda, melhora na economia da cidade, arrecadação em mais ou menos 20 mil reais para os cofres da prefeitura, "Esta delegacia não tem condições de manter os apenados da justiça presos nesta cadeia, mas a lei de execução penal exige que eles cumpram pena em sua origem" .
O delegado Balby afirmou que é obrigado a manter uma equipe só para cuidar dos presos.
"Nosso trabalho e de investigação e nao ficar cuidando de presos", se referindo ao pequeno contingente à sua disposição para fazer diligencias e precisa colocar essas pessoas para cuidar dos presos.
Na realidade a população apoiou esse projeto depois da rebelião de Pinheiro, onde culminou com a morte de seis presos e aquela delegacia se tornou um verdadeiro caldeirão prestes a explodir colocando em risco até a segurança daquela população.
O ministro da Justiça José Eduardo Cardoso disse veio a São Luís orientado pela presidenta Dilma Rousseff no sentido de que encontre soluções para o problema no sistema carcerário do Maranhão. “A presidenta fez questão de ressaltar as fortes relações institucionais e de amizade que a une à governadora Roseana Sarney”, disse

Fonte: Blog do Constantino Neto
Zé Doca em Foco 14/02/11

10 de fevereiro de 2011

Promotor de eventos Edmar Martins morre em acidente de carro

Clique para ampliar
Colisão com Vítima Fatal na Br 316

Por Volta das 11:00 da manhã desta quinta feira, um grave acidente envolvendo dois veiculos culminou com a morte de Edmar Martins, promotor de eventos na cidade de Zé Doca. Os carros, um Ford/Ka ano 2008 cor preta placa NHN 5406 de Zé Doca MA e o outro um Classic Ls Cor Prata Metálica placa NNG 0524 de Centro Novo do Maranhão, chocaram-se de frente na BR 316 na altura da cidade de Sta Luzia do Paruá.
No veículo ford KA estavam o senhor ADRIANO e o
Promotor de eventos EDIMAR MARTINS LIMA e teve morte fatal .
No Classic estavam o Prefeito de Centro novo do Maranhão Arnóbio e Secretário de administração do municipio Ney Passim que foram gravemente feridos levados para o hospital Francisca Melo e depois Transferidos pra São Luis do Maranhão.
O corpo de Edmar Martins chegou em Zé Doca por volta das 15:00 hrs e esta sendo velado na sua residencia na Vila bo Bec.
Clique para ampliar

O acidente foi de grande comoção na cidade, visto da notoriedade do promotor.
A familia consternada avisa que o enterro será nesta sexta feira no cemitério central de Zé Doca
Estiveram no local a Policia Militar,Policia Civil,Polica Rodoviária Federal .

A reportagem e as fotos são da equipe de jornalismo da Rádio Tropical Fm

Zé Doca em Foco 10/02/11