14 de fevereiro de 2011

População aprova a construção de presidio em Zé Doca

A radio Alvorada, através do programa "A Tribuna do Povo" inciciou uma pesquisa para saber a opinião dos ouvintes quanto à construção de um presidio de segurança máxima em Zé Doca.
A pesquisa foi iniciada na ultima quinta-feira e terminou no sábado com a participação de 58 ouvintes e convidados.
Desse total, apenas um se colocou contra, ou seja, 57 deram opinião de apoio. A maioria disse que seria melhor um presidio com a máxima segurança do que uma delegacia aonde os presos fogem constantemente da cadeia de Zé doca ameaçando a vida dos moradores da cidade.
O prefeito Natin disse que o presidio não é uma obra de impacto para beneficiar a população, mas vai se colocar à disposição do governo para que o presidio venha para Zé Doca "Não é uma obra que estava prevista no meu governo, mas seria de grande importancia para dar mais segurança e mais comodidade aos familiares de presos que estão cumprindo pena em outros presidios, além de ser mais seguro contra a evasão de presos como ja vem acontecendo na nossa delegacia" Natin também disse que procurará um terreno para doar a esse projeto fora das imediações da área urbana.
A prefeita de Governador Newton Bello, Leula Brandão disse que apóia esse projeto, pois seria de grande importância para toda a região "Se for necessário iremos juntos com outros prefeitos da nossa região até a governadora Roseana Sarney e o secretário de segurança para nos colocar-mos a disposição do governo para que esse presidio possa ser construido em nossa região" Disse Leula Brandão.
O ex prefeito Francisco Barroso de Sousa disse que Zé Doca já conta com a 8ª Delegacia de Policia, com o 12º comando da Policia Militar, 4 Bancos comercias , o Cefet, a UEMA, então merece um presidio de segurança maxima na cidade, "Não vejo demérito nenhum o presidio ser construido em nossa cidade, aliás é uma necessidade" disse Barroso.
O delegado Geral da 8º delegacia, Br Balby disse em entrevista exclusiva que o presidio trará mais segurança para a população, além de gerar emprego e renda, melhora na economia da cidade, arrecadação em mais ou menos 20 mil reais para os cofres da prefeitura, "Esta delegacia não tem condições de manter os apenados da justiça presos nesta cadeia, mas a lei de execução penal exige que eles cumpram pena em sua origem" .
O delegado Balby afirmou que é obrigado a manter uma equipe só para cuidar dos presos.
"Nosso trabalho e de investigação e nao ficar cuidando de presos", se referindo ao pequeno contingente à sua disposição para fazer diligencias e precisa colocar essas pessoas para cuidar dos presos.
Na realidade a população apoiou esse projeto depois da rebelião de Pinheiro, onde culminou com a morte de seis presos e aquela delegacia se tornou um verdadeiro caldeirão prestes a explodir colocando em risco até a segurança daquela população.
O ministro da Justiça José Eduardo Cardoso disse veio a São Luís orientado pela presidenta Dilma Rousseff no sentido de que encontre soluções para o problema no sistema carcerário do Maranhão. “A presidenta fez questão de ressaltar as fortes relações institucionais e de amizade que a une à governadora Roseana Sarney”, disse

Fonte: Blog do Constantino Neto
Zé Doca em Foco 14/02/11

Um comentário:

Anônimo disse...

Bando de prefeito vagabundo so sabe construir presidio. Por isso é um estado fudido.