3 de maio de 2011

Hemetério Weba volta a denunciar caos em BR’s do Maranhão

Dep. Hemetério Weba
São Luís - O deputado Hemetério Weba (PV) voltou a denunciar, na sessão desta terça-feira (03/05), caos nas BR’s que cortam o Maranhão e citou especificamente as rodovias 135, 222 e 316. Weba disse que as estradas federais no estado estão intransitáveis e cobrou que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) seja responsabilizado pelos serviços de péssima qualidade realizados nas BR’s.
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), solidarizou-se com o pronunciamento de Hemetério Weba e garantiu que o caos nas estradas federais maranhenses preocupa todo Maranhão. Melo informou que já existe um requerimento convidando o representante local do Dnit para falar o assunto, que classifica de gravíssimo. Ele confirmou que as empresas que trabalham nas rodovias federais do estado têm executado serviços de péssima qualidade.
Antes, Hemetério Weba relatou o drama que a população enfrentou no final de semana, por conta da BR-222 haver cortado na altura do município de Nunes Freire, mas acusou o Dnit de nada ter feito ainda para resolver o problema. Weba contou que a população chegou a interditar a rodovia, causando transtornos maiores e contou que ele próprio enfrentou o problema quando se deslocou de Nova Olinda a Turilândia.
“É uma vergonha”, disse o parlamentar do PV em tom enfático. Ele afirmou que os serviços feitos na BR-316 pela empresa Delta Engenharia ainda estão no prazo de garantia e que o Dnit precisa cobrar da construtora.
Weba contou que a qualidade da rodovia é excelente no trecho que corta o Pará, mas no Maranhão os serviços feitos são de péssima qualidade. Afirmou que a situação se repete nas BR`s 135 e 222, com o registro de cortes e buraqueiras que ajudam a provocar acidentes fatais.

Agência Assembleia 

Zé Doca em Foco 03/05/2011

Nenhum comentário: