10 de agosto de 2012

Decapitação choca município de Zé Doca

Jovem de 18 anos é assassinado com requintes de crueldade. A cabeça da vítima foi encontrada a cerca de 200 metros do corpo. Polícia prendeu o principal suspeito de ter cometido o crime. 


Um crime bárbaro chocou a população da cidade de Zé Doca, distante cerca de 313 km da capital maranhense. Um assassinato foi cometido na madrugada de segunda-feira (30 de julho), mas ainda repercute em toda a cidade.

A vítima foi identificada como Ivan Kerles da Cruz Ferreira, de 18 anos, que foi encontrado morto e decapitado na Rua da Mangueira, no bairro São Francisco. A polícia Civil já tem um suspeito, que está detido na delegacia local para maiores esclarecimentos.

O corpo da vítima, que morava na Rua Colinas, nº 377, no mesmo bairro do crime, foi encontrado cerca de 200 metros da cabeça já na Rua Alto Alegre.

Suspeito
O caso foi registrado na delegacia regional de Zé Doca e, de acordo com o delegado da unidade, Luís Cláudio Balby, a polícia conseguiu localizar e prender um dos suspeitos de ter cometido o homicídio.

Trata-se de um homem identificado apenas como Jucivan, que segundo as investigações policiais, teria sido a última pessoa que esteve com Ivan Kerles antes do assassinato.

"O Jucivan foi a última pessoa que esteve com a vítima. Ele teria convidado o Ivan para sair, às 4h de segunda-feira e, no começo do dia, o corpo da vítima foi encontrado", disse o delegado. 

Ele afirmou ainda que o suspeito do crime tem passagem pela polícia por tráfico de drogas e a vítima era usuária de entorpecentes. "Possivelmente, os dois saíram nesse horário para consumir droga e depois ocorreu o homicídio", afirmou o delegado.
Fonte: O Imparcial
Zé Doca em FOCO  10/08/2012

Um comentário:

WANDERSON disse...

ESSE LITERALMENTE PERDEU A CABEÇA...