26 de junho de 2015

Indiciados dois funcionários da Clínica que filmaram e vazaram autópsia de Cristiano Araújo

Marco Antonio Ramos, 41 anos, Márcia Valéria dos Santos, 39 anos, acabaram de ser indiciados por desrespeito a cadáver na clínica Oeste, com sede em Goiânia, durante as retiradas dos fluídos do corpo do cantor sertanejo Cristiano Araújo, na quarte-feira, dia 24 deste.
A Polícia de Goiás concluiu que houve participação dos técnicos em tanatopraxia, sendo que a mulher ainda é estudante de enfermagem da Universidade de Goiás. Existe também a participação de uma terceira pessoa, de nome Leandro, amigo de Márcia, que seria o responsável pelo vazamento do vídeo nas redes sociais.
Assim sendo, ficou descartada a participação do IML de Goiás no crime de vilipêndio de cadáver, conforme divulgado em nota oficial pela Secretaria de Segurança daquele estado.
“São os dois funcionários da Clínica Oeste, onde o corpo foi preparado. Além disso, uma terceira pessoa, que foi quem divulgou as imagens, também poderá ser indiciada pelo mesmo crime”, disse o delegado Eli José de Oliveira, do 4º Distrito Policial de Goiânia, de acordo com informações prestadas ao G1 local.
“A Márcia disse que o Marco só percebeu que ela estava gravando quando já estava no meio da filmagem, mas não a impediu. Depois, ela mandou esse vídeo para o Leandro, que estuda com ela, e foi ele quem postou nas redes sociais”, explicou o delegado, como disse ao site da Globo em Goiás.
A dupla indiciada já trabalha na clínica há quatro anos e deverá responder ao ato criminoso de forma isolada por causa do compromisso assumido em documento, o que exime a Oeste de qualquer responsabilidade criminal sobre o caso. Mas a família do cantor falecido pode ingressar na Justiça com processo civil contra a clínica.

Nenhum comentário: