12 de maio de 2016

O Partido dos Trabalhadores está de volta a oposição


Depois de 13 anos quatro meses e onze dias no poder a esquerda volta a ser oposição no Brasil.

Por 55 a 22 o Senado Federal aprovou a abertura do processo de impeachment contra Dilma Rousseff.

A direita está de volta ao poder, depois de TRÊS derrotas nas urnas eles chegam ao Palácio do Planalto através de uma manobra golpista.

Minha perplexidade e ver gente que nestes treze anos esteve ao lado do PT, se comportando como governo e se locupletando das benesses do Palácio agora travestido de oposição e de defensor da direita.

Este episódio lembra a vitória de Flávio Dino em 2016 que colocou o grupo Sarney na oposição depois de CINQÜENTA anos no poder.

Aliados históricos ao verem o barco afundar vestiram se de VERMELHO e se transformaram em comunistas, os neo comunas se infiltraram em todos os segmentos do novo governo em busca de vantagens e benefícios, afinal é preciso manter o status quo. Assistimos a reprise da comédia pastelão.

Vendo as comemorações e gozações por conta da queda do PT e a chegada do PMDB à presidência da república pela primeira vez na história da república do Brasil, não tem como não lembrar de Flávio Dino ovacionado e reverenciado como a solução de todas as mazelas e problemas do Maranhão, um ano e quatro meses depois Flávio Dino é a decepção dos maranhenses, com Temer não será diferente.

Os personagens da história cometem equívocos e falhas, ficam pelo meio do caminho, porém a ideologia de esquerda se mantém viva, latente e acessa como uma filosofia de vida, uma utopia, é uma visão de mundo.


Texto: Jornalista Abimael Costa
Zé Doca em Foco

Nenhum comentário: