3 de abril de 2017

Polícias civil e militar "desmontam" quadrilha de assaltantes a banco na cidade de Santa Luzia


Três elementos de alta periculosidade foram presos na cidade de Santa Luzia no meio d a semana, quando se preparavam para cometer um assalto contra uma agência bancária na cidade de Buriticupu. Segundo informações da Delegacia regional na última quarta-feira, (29) chegou ao conhecimento da Polícia Civil que o chefe da quadrilha mais conhecido, como “Cabeça”  estando na companhia de mais dois indivíduos teriam sido interceptados durante uma barreira da PM. Os mesmos foram identificados como Raimundo Magno de Moraes Silva, 30 anos, natural de Santa Inês, Henrique Kaluzny da Silveira, 29 anos, natural do estado de Goiás e Paulo Henrique de Sousa Silva, 25 anos, também do estado de Goiás. O trio foi conduzido para a Delegacia Regional de Santa Inês e após levantamentos realizados por investigadores da PC, foi possível localizar um sítio no Povoado Ferro Velho, no interior de Santa Luzia, que era utilizado como esconderijo da quadrilha, local este, onde foi encontrado um farto arsenal de armas de grande porte e explosivos. Durante seus respectivos depoimentos, os conduzidos confessaram que já tinham planos para assaltar uma agência bancaria, na cidade de Buriticupu nos próximos dias. Todos foram autuados em flagrante por porte ilegal de armas de fogo de uso restrito, organização criminosa e uso de documentos falsos.

A quadrilha ainda é acusada da tentativa recente de assalto à agência do Banco do Brasil da cidade de Santa Luzia, com utilização de explosivos. Após a tentativa de assalto, o caso passou a ser investigado pelo Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (Decrif) da SEIC. Os mesmo foram transferidos para São Luís onde estão presos e à disposição da justiça.
MATERIAL APREENDIDO
01 Fuzil AK47, 02 escopetas calibre 12, 01 carabina calibre 3.0, coletes balísticos, 250 munições, 22 bananas de dinamites apetrechos utilizados em explosões a caixas eletrônicos.

Foto – O trio foi identificado como Raimundo Magno de Moraes Silva, natural de Santa Inês, Henrique Kaluzny da Silveira, natural de Goiás e Paulo Henrique de Sousa Silva, também de Goiás.

De: Agora Santa Inês
Zé Doca em Foco

Nenhum comentário: